Destaques Geral Local Política

Fábio Novo critica tucanos por promessas que se repetem há décadas

O candidato a prefeito de Teresina pelo Partido dos Trabalhadores (PT), deputado estadual Fábio Novo, em debate na TV O Dia entre postulantes ao Palácio da Cidade, nessa quinta-feira, 8, fez severas críticas à atual gestão municipal, comandada pelo PSDB há mais de três décadas, acentuando que o candidato Kleber Montezuma não pode mais dizer que “vai fazer”, porque teve muito tempo para executar as políticas públicas agora repetidas como promessas.

Para o candidato petista, a mesma equipe que administra a cidade por tanto tempo não pode mais prometer que não conseguiu fazer há várias décadas de gestão. Disse ainda Fábio Novo que o maior erro dos tucanos em Teresina foi a tentativa de integração do transporte público, tirando cerca de 80 ônibus de circulação, fechando agora terminais que só serão reabertos depois das eleições, para não pegar mal para o candidato da prefeitura. Falou ainda da greve dos professores, que estão há sete meses com as atividades paralisadas, porque a prefeitura se nega a dialogar com a categoria sobre as suas necessidades e reivindicações que constam em lei.

“Vamos reabrir novos corredores, reposicionar as paradas de ônibus e sinais de trânsito, reabrir alguns retornos, integrar o transporte público com o metrô. Vou implantar o bilhete único e ampliar o número de ciclovias e ciclofaixas”, prometeu o candidato petista. Criticou ainda o abandono pela atual gestão da Estratégia Saúde da Família.

Programa permanente de regularização fundiária em Teresina

Fábio Novo tem percorrido a cidade e escutado representantes de vários segmentos da população, a exemplo dos moradores que ainda lutam pela regularização fundiária. “Mais de 90 mil famílias de Teresina não possuem o documento da sua casa. Precisamos implantar um programa permanente de regularização fundiária que dê dignidade para essas pessoas”, revela o candidato, que coloca esse projeto como prioridade no seu plano de governo para a capital.

“Essa mesma realidade se repete por toda a cidade. Moradores que esperam há anos pelo documento de casa”, completa. Para o candidato, a regularização fundiária também vai ajudar a movimentar e economia da cidade. “Com o documento, as famílias podem ter acesso ao crédito para reformar suas casas. Com isso, são gerados outros empregos. É mais dinheiro pra fazer girar a roda da nossa economia”, afirma Fábio Novo.

Outro problema grave apontado pelo candidato é a falta de vagas de creches para as crianças da capital. “Somente 22% das crianças estão nas creches. Faltam vagas. Podemos fazer parcerias com instituições que já existem em Teresina e investir também na construção de mais creches, um dos problemas apontados pela maior parte das mulheres e mães que não tem onde deixar seus filhos”, diz o candidato.

Nesta sexta-feira (9), Fábio Novo participa, a partir das 17h, de reunião no Assentamento Santo Antônio. Em seguida, tem reunião no bairro Vale Quem Tem. Logo mais, a partir das 19 horas, participa do lançamento da campanha do candidato a vereador Genivaldo Campelo e depois do lançamento do candidato a vereador John, no bairro Poti Velho. Fábio Novo encerra a agenda com reunião no bairro Renascença.

Redação