Destaques Geral Local Política

Fábio Abreu pretende aproximar a administração da capital com os governos federal e estadual

O candidato do PL à Prefeitura de Teresina, deputado federal Fábio Abreu, destacou que uma de suas propostas para a gestão de Teresina, se eleito, será de buscar uma gestão integrada em parceria com o Governo do Estado e o Governo Federal. Conforme Abreu, o isolamento da cidade e a falta de proximidade com as demais administrações podem acabar prejudicando a capital.

Abreu destaca a proximidade e boa relação com o governo do estado, no qual foi secretário de Segurança Pública. Mesmo objetivo é almejado pelo candidato com relação ao Governo Federal.

Sobre a situação da disputa majoritária em Teresina, Fábio avalia que a disputa será decidida apenas no 2º turno, entre dois candidatos de oposição a atual gestão. Situação diferente do que sugerem as recentes pesquisas de intenções de voto na capital, que colocam Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB) como os dois primeiros colocados.

Conforme as recentes pesquisas divulgadas nas duas últimas semanas, essa foi a primeira vez que Fábio Abreu deixou de ocupar a segunda colocação, agora ocupada pelo candidato da situação, Kleber Montezuma. Foi também nesse período que Abreu se afastou de suas atividades de campanha devido ao seu diagnóstico positivo para a Covid-19.

O candidato do PL também demonstrou preocupação com a possibilidade de avanço da covid-19. Ele que já teve a doença, afirma que faz uma campanha seguindo todas as recomendações da vigilância sanitária.

“Na reta final, infelizmente, temos algumas situações de possibilidade de restrições com relação à covid-19. Vou acompanhar o que for previsto pela lei. Se tivermos uma norma restritiva, vamos acompanhar as autoridades sanitárias. Enquanto isso estamos com ritmo normal, aumentando a quantidade de caminhadas. Observamos a receptividade das pessoas. Isso fez com que colocássemos nossas propostas mais perto das pessoas com caminhadas e minicarreatas”, destaca.

Redação