Geral Municipios Política

Escola estadual de Piracuruca recebe obras e climatização

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciou, na última segunda-feira (15), a instalação de aparelhos condicionadores de ar modelo split e a conclusão de quadra poliesportiva do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Inês Maria de Sousa Rocha, localizado no município de Piracuruca. A iniciativa tem como propósito garantir um ensino de qualidade e contribuir para o desenvolvimento dos estudantes.

O projeto de climatização da escola inclui também a instalação de subestação de energia. Os trinta e seis splits instalados para climatizar a escola contemplam 11 salas de aula, três laboratórios (dois de informática e um de ciências naturais), um refeitório e auditório, além de biblioteca e ambientes administrativos.

Em 2021, o Ceti oferta o Ensino Médio de Tempo Integral para 240 estudantes e a aquisição dos equipamentos contempla os distintos ambientes de circulação dos alunos e funcionários, como informou o diretor do Ceti, Gilvan Fontenele.

Ele ressalta que desde o início da sua gestão, no ano de 2015, a climatização do espaço escolar foi uma reivindicação muito esperada pela comunidade assistida na escola. “Vi essa realidade se tornar mais próxima quando nos tornarmos integral e a reforma e ampliação foram aprovadas. Com a vinda do secretário, em janeiro deste ano, e com ele, a entrega de 36 máquinas, então nosso sonho se concretizou. Antes disso, foi instalada na escola uma subestação, pois não seria possível o funcionamento dos aparelhos Split sem a instalação deste equipamento”, pontuou.

No início do ano, o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, acompanhou a evolução do trabalho no canteiro de obras. O centro de tempo integral recebe reformas e ampliações da estrutura física, sendo investidos R$ 1.212.759,16, recursos empregados em Laboratório de Ciências e Informática, refeitório, quadra, auditório e novas salas.

“Sabemos que para termos bons resultados na educação precisamos de um ambiente propício pra isso, e acredito que, assim que possível o retorno, nossa escola estará mais aconchegante e preparada para receber todos os nossos alunos, colaboradores, professores e comunidade em geral”, pontuou Gilvan Fontenele.

A obra faz parte dos investimentos do PRO Piauí, um conjunto de obras que estão sendo geridas pela equipe da Seduc com o objetivo de modernizar as estruturas físicas das unidades da Rede.