Destaques Geral Local Política

Em reunião com protetores dos animais, Fábio Novo se compromete em construir hospital público veterinário

Em reunião com representantes da rede de proteção aos animais de Teresina, o candidato à Prefeitura, Fábio Novo (PT), se comprometeu em atender as principais reivindicações, incluindo a construção de um hospital veterinário público, para atender aqueles que não podem pagar por uma consulta numa clínica particular.

“Eu sou defensor da natureza, da causa animal e de outras causas mais sensíveis e humanitárias que estão presentes no nosso plano de governo. Sei que devemos implementar políticas efetivas que garantam a proteção dos nossos animais, reduzindo também a população de rua e garantindo assistência para cães e gatos presentes na nossa cidade. Contem comigo!”, diz o candidato Fábio Novo.

Durante a reunião, nessa segunda-feira (26), candidatos a vereadores e vereadoras pela coligação “Muito Mais para Teresina”, e defensores da causa, também marcaram presença e apresentaram propostas. A candidata a vereadora, Juliana Paz, que já tem uma atuação na área, destaca que não há nenhuma política pública voltada para os animais de Teresina.

“A gestão atual só prometeu e não fez nada. O que há são grupos que se dedicam todos os dias para resgatar, cuidar de animais que sofrem maus-tratos ou que foram abandonados. Somos a capital com o maior número de gatos do Brasil. Precisamos de muita coisa. Não temos um centro de acolhimento temporário. Sonhamos com um hospital veterinário público para atender essas demandas. Fábio é o candidato que tem esse olhar e essa sensibilidade e nós temos a chance de elegê-lo como prefeito”, diz Juliana.

As candidatas a vereadoras, Tetê Aguiar e Isadora Cortez, também defenderam a necessidade de reforçar a política de proteção aos animais em Teresina, assim como os candidatos a vereadores, Chagas Vale e Carlos Alberto, também presentes no encontro.

No plano de governo do candidato Fábio Novo está a construção e manutenção de abrigo municipal para cães e gatos, construção de um centro móvel de castração municipal, criação de um departamento de defesa e proteção animal, revitalização da gerência de zoonoses, além de parcerias e convênios com ONGs e entidades para reforçar o cuidado dos animais.

Redação