Destaques Geral Local Política

Em quatro meses, Sejus realiza mais de 16 mil atendimentos de saúde a presos do Piauí

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), por meio do seu setor de saúde prisional, realizou, entre os meses de janeiro a abril deste ano, 16.308 atendimentos de saúde aos reeducandos do sistema prisional do Piauí. Dentre a assistência à saúde, estão atendimentos médicos, psiquiátricos, psicológicos, ginecológicos, odontológicos e de enfermagem.

Segundo a coordenadora de Saúde Prisional da Sejus, Alice Mendes, o quadro de profissionais atende às demandas do sistema prisional. “Esses atendimentos são feitos conforme prevê a Lei de Execução Penal. A gente faz todas essas assistências dentro das unidades com médicos, enfermeiros, assistentes sociais, dentistas, psicólogos e psiquiatras, além de, nas unidades femininas, termos a especialidade de ginecologia. É um quadro de profissionais multidisciplinar que supre todas as necessidades das pessoas privadas de liberdade no nosso Estado”, comentou Alice.

Em números, foram realizados 4.281 atendimentos médicos, 9.281 atendimentos de enfermagem, 1.304 atendimentos psicológicos e 1.442 atendimentos odontológicos.

Jogo do Poder