Geral Nacionais Política

Em evento com Lula, Cristina Kirchner diz querer vê-lo novamente presidente

A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, afirmou nesta sexta-feira desejar que Luiz Inácio Lula da Silva volte a ser presidente do Brasil, ao participar, junto com ele, de um evento para celebrar o Dia da Democracia em seu país, coincidindo com os dois primeiros anos do mandato do atual governante, Alberto Fernández.

“Sei que Deus vai nos escutar, e a Virgem também, para que Lula volte a ser presidente do Brasil”, disse Cristina no palco do evento, realizado na Praça de Maio, em Buenos Aires.

“Não somos nós (cidadãos da Argentina) que precisamos dele, milhões de brasileiros precisam, querem se sentir incluídos novamente, ter um emprego e um salário decente, para poder enviar seus filhos à universidade”, acrescentou.

Lula, também presente no palco, ouviu a multidão presente cantar “Lula vai voltar”.

Com o microfone em punho, Cristina sorriu e virou-se para dizer a Lula: “Veja, companheiro, não é que eu esteja prevendo alguma coisa, mas cada vez que eles cantaram isso, não se equivocaram”. A afirmação provocou um sorriso no ex-presidente brasileiro.

Pouco antes, no mesmo evento, Lula classificou o período 2001-2012 como “o melhor” na América do Sul, com políticos “progressistas” e “socialistas”, “humanistas” no poder. Ele ressaltou que teve uma “extraordinária convivência” com o ex-presidente Néstor Kirchner (2003-2007), marido de Cristina, e com ela, que presidiu a Argentina em dois mandatos, de 2007 a 2015. 

Jogo do Poder

Fonte: EFE