Geral Municipios Política

Em Caxias, profissionais de assistência materno-infantil dialogam sobre saúde mental

Na manhã de sexta-feira (17), seguindo com ações da Campanha Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), realizou palestras para servidores e pacientes do Centro Especializado em Assistência Materno Infantil (CEAMI), com os temas “Prevenção ao suicídio” e “A importância do cuidado com a saúde mental”, além de explicar sobre os serviços oferecidos pelos Centros de Atenção Psicossociais (CAPS).

Para o coordenador da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), Luís Fernando, é importante levar informação sobre saúde mental para a população. “A informação é sempre importante. Quando se leva uma informação eficaz a cerca de um assunto, as pessoas conseguem assimilar gerando nelas bons hábitos, o autocuidado e o cuidado com os seus. Quando a gente traz um momento como esse, nos dirigindo aos pacientes e aos profissionais, falando da importância do cuidado da saúde mental, conseguimos eliminar grandes agravos, porque faz com que as pessoas se cuidem e busquem ajuda quando necessário for. Uma vez que falamos de psicologia, psiquiatria, CAPS e suicídio, ainda há muito tabu, mas essas informações vão quebrando os tabus e fazendo com que as pessoas tenham mais cuidado consigo, com os seus e assim tenhamos uma cultura de saúde mental de qualidade”, disse.

Kallyane Paiva, coordenadora do Centro Especializado em Assistência Materno Infantil (CEAMI), ressaltou a importância da palestra realizada pela Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). “É uma palestra muito importante, porque às vezes a gente no dia a dia, na correria, nas responsabilidades, acaba deixando de cuidar daquilo que é mais importante, que é a saúde da nossa mente”, frisou.

Jogo do Poder

Fonte: PMC