Destaques Geral Local Política

Dr. Pessoa viabiliza recursos para construção de campo agrícola comunitário na zona rural de Teresina

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, assinou, nesta quinta-feira, 18, documento que libera recursos para a construção de um Campo Agrícola Comunitário, no povoado Angolar, zona rural de Teresina. O projeto é uma parceria com o governo do Estadual e emenda da vereadora Elzuíla Calisto. Inicialmente, a obra prevê um investimento no valor de R$ 128.625,77 necessários em para a compra de ferramentas de trabalho e aquisição de um Campo Agrícola de um hectare.

O novo espaço agroecológico vai viabilizar diversas atividades de produção gerando emprego e renda para as famílias beneficiadas, bem como educação ambiental voltada para a prática da agroecologia e orgânicos.

“Eu amo a zona rural, vim dela, meu coração é da zona Rural. Estamos trabalhando para levar água para todos os povoados e tenho já conversado com todos os órgãos competentes. O homem do campo deve ser assistido e não ficar vulnerável as questões da pandemia. São eles que colocam comida no prato de quem reside na zona urbana”, disse o prefeito.

O Projeto do Campo Agrícola Comunitário vem atender a uma necessidade crescente das famílias que perderam seus empregos, postos de trabalhos e fornecer prestação de serviços na zona urbana de Teresina, bem como dar utilidade produtiva e social de áreas abandonadas e/ou em desuso na cidade causadas principalmente pela pandemia da COVID-19.

A ideia do projeto foi da vereadora Elzuila Calisto (PT), que buscou e intermediou o firmamento de parcerias com o Governo do Estado para que o campo agrícola virasse uma realidade. “Logo depois que fui eleita vereadora voltei ao assentamento para conversar com os moradores sobre o melhor projeto para a região e eles optaram pelo campo agrícola, que em pouco tempo saiu do papel e já vai começar a beneficiar as famílias. O poço já foi perfurado pela Agespisa e os agricultores devem começar a trabalhar no começo de 2022”, disse a parlamentar.

O projeto está orçado em R$128.625.77 e beneficiará 25 famílias que trabalham com a agricultura, viabilizando ocupação e renda, com educação ambiental e uma agricultura sustentável. Ainda está previsto para o projeto a instalação de energia solar, o financiamento à agricultores e produtores rurais por meio de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e a inserção do assentamento no Cinturão Verde, área de preservação ambiental com a presença da agricultura familiar.

As famílias irão trabalhar de forma escalonada em um hectare de terra, com irrigação de poço para plantio de legumes e hortaliças, gerando renda através da própria produção. “Vamos receber os insumos e trabalhar no campo agrícola como sempre sonhamos, produzindo para consumo próprio e para comercialização. Com esse projeto de inovação tecnológica agrícola poderemos trabalhar melhor e quem sabe dar um futuro melhor para as crianças da região”, disse o presidente da Associação do Assentamento Angolar, Adailton Cândido.

O ato contou com a participação da governadora em exercício Regina Sousa e do secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles, que é coordenador do PRO Piauí, entre outras autoridades e lideranças rurais de Teresina.

 

 

 

Jogo do Poder

Fonte: Semcom