Destaques Geral Local Política

Dr. Pessoa: Firmino não tem o que fazer e devia se preocupar com a Polícia Federal nos órgãos públicos municipais

O pré-candidato a prefeito de Teresina pelo MDB, Dr. Pessoa, manifestou-se indignado com as declarações que considerou abusivas do prefeito de Teresina, Firmino Filho, ao afirmar, em entrevista à imprensa, que as três principais pré-candidaturas que se destacam contra o seu indicado, Kleber Montezuma, são farinhas do mesmo saco. “Firmino não tem o que fazer e deveria se preocupar era com a Polícia Federal nos órgãos públicos municipais e com o seu próprio histórico e do seu grupo, envolvido em Lava Jato e Odebrecht. Agora, eu sou independente, distante desse grupo do Palácio da Cidade, mais uma vez envolvido com a Polícia Federal”, declarou Dr. Pessoa a este Portal Jogo do Poder.

O emedebista disse também que não iria fazer pré-julgamento, mas o escândalo que abalou Teresina sobre fraudes e corrupção na Fundação Municipal de Saúde (FMS) merece uma apuração rigorosa e “quem dever tem que pagar”.

Como vemos, as declarações do prefeito e o escândalo na FMS sobre fraudes em contratos com a empresa Distrimed para compras de insumos para o enfrentamento à pandemia da Covid-19 deixaram, não somente o Dr. Pessoa, mas os próprios teresinenses surpresos e escandalizados. Dr. Pessoa disse que prefere, no momento, aguardar o resultado das investigações que estão sendo levadas a cabo pela Polícia Federal. Mas declarou que o teresinense não pode sofrer esse tipo de abuso, pois paga altos impostos para garantir que o poder público faça a sua parte de forma correta.

“Sou médico e sei que um centavo em investimento na saúde faz falta e coloca vidas em risco, imagina o desvio de milhões. A PF precisa investigar a fundo e prender todos os envolvidos nessa fraude. Venho de uma família muito humilde, que pouco contribuiu com minha alfabetização, mas desde sempre sei o que é honestidade. A atual gestão se vangloria de educação, mas quem rouba não tem educação e muito menos caráter. Isso só aprendemos em casa”, disse.

Já o pré-candidato a vice-prefeito na chapa do Dr. Pessoa, Robert Rios (PSB), vai mais além. Segundo ele, o chamado escândalo do Covidâo é uma vergonha para Teresina. “Alguém tirar proveito de uma pandemia que matou e levou e sofrimento a tanta gente pra roubar e enriquecer. A ambição foi maior que o caráter”, disparou.

Agenda cheia

Enquanto o prefeito de Teresina tenta a todo custo emplacar o seu pré-candidato Kleber Montezuma nessa pré-campanha, Dr. Pessoa, Robert Rios e aliados estão com agenda cheia, reunindo-se diariamente com técnicos e representantes das mais diversas entidades para a construção de um plano de governo que abrange todas as demandas que a cidade reclama.

Dr. Pessoa esteve reunido com o tenente-coronel Nixon Frota, que é presidente regional do PRTB, partido que o apoia; com o delegado James Guerra e a economista Kárita Allen, para discutir seu plano de governo, que é dividido em 5 eixos e com 15 pastas específicas. De acordo com o Dr. Pessoa, o plano deve apontar soluções para os principais problemas do município e tem como foco transformar Teresina em uma cidade mais sustentável e conectada.

O emedebista também esteve com apoiadores das zonas Leste e Norte, acompanhado dos pré-candidatos a vereador, Socorro Costa e sargento Fernandes, destacando propostas relativas à saúde dos idosos e da mulher.

Em outra frente, o pré-candidato e seu grupo estiveram participando de encontro com apoiadores do Planalto Ininga, zona Leste da capital. Na ocasião, ele falou sobre algumas das suas propostas para a educação, dentre elas o avanço na implantação de escolas integrais, com equipamentos tecnológicos para discentes e docentes. “Só sou médico e professor por causa da educação, embora tenha me alfabetizado tardiamente, com 15 anos. Uma vez me perguntaram o motivo de focar mais em educação se sou da área da saúde, e eu respondi que só cheguei a ser médico por causa da educação”, declarou na ocasião. O encontro foi promovido pelo pré-candidato a vereador, Raimundo Nascimento (PRTB).

Dr. Pessoa também se reuniu com representantes da Federação da União das Entidades Comunitárias do Piauí (Funepi), que ouviram as propostas do emedebista e entregaram a ele uma carta-proposta. Dr. Pessoa garantiu que irá incluir as demandas no seu plano de governo. Uma dessa propostas é o retorno do projeto Orçamento Popular, em que a população elenca as suas prioridades para execução por parte da prefeitura. O projeto foi abandonado na atual gestão.

Pessoa também visitou o Sindicato dos Pescadores, no bairro Poti Velho, zona Norte de Teresina. Na ocasião, o emedebista ouviu as reivindicações dos trabalhadores e se comprometeu em elaborar projetos para o desenvolvimento da atividade pesqueira. Aliás, esse segmento, segundo o pré-candidato, vem servindo apenas de promessa de campanha eleitoral das gestões tucanas.

O pré-candidato a prefeito esteve ainda com apoiadores dos bairros Verde Lar e Monte Castelo. Nos encontros, Dr. Pessoa defendeu o respeito às diferentes crenças, orientação sexual e diversidade de gênero. “Respeito todas as religiões e sou bem recebido em todos os segmentos, o que mostra que também não discrimino nenhum. Quanto à orientação e identidade de gênero, acho que são temas que devem ser abordados nas escolas para que as crianças cresçam sabendo o significado da palavra ‘respeito’. Somos todos humanos e não deve haver discriminação de natureza nenhuma”, afirmou o pré-candidato.

No bairro Verde Lar, o emedebista esteve na Igreja Ortodoxa Santuário Mãe de Deus, recebendo o apoio do padre Vale e do pré-candidato a vereador, delegado Menandro Pedro (PSB). Já no Monte Castelo, Dr. Pessoa se encontrou com a pré-candidata a vereadora Claudete Castro (MDB) e apoiadores do bairro.

“Nossa caminhada por Teresina é para discutir propostas realizáveis e que vão ao encontro dos desejos e das vontades do povo. Não são promessas eleitoreiras, são propostas que sabemos que o poder público pode executar, administrando bem os seus recursos e devolvendo ao cidadão e à cidadão os impostos que pagam. Vamos transformar nossa gestão na prefeitura como uma missão de vida”, declarou Dr. Pessoa.

Redação