Destaques Geral Local Política

Dr. Pessoa coloca guardas, professores e jornalistas em grupo prioritário para vacinação contra Covid-19

A Prefeitura de Teresina vai incluir agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), professores e jornalistas no grupo prioritário de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19). A medida foi anunciada nesta segunda-feira (5) pelo prefeito Dr. Pessoa (MDB), preocupado com casos fatais recentes que atingiram, por exemplo, profissionais da imprensa.

O gestor enfatiza que o objetivo é imunizar toda a população teresinenses mas, diante da escassez de vacinas disponibilizadas neste momento, é importante priorizar as categorias que seguem desenvolvendo suas atividades e, consequentemente, mais expostas ao vírus.

Dr. Pessoa afirmou que profissionais como jornalistas estão expostos durante a pandemia. Ele lembrou das duas mortes de radialistas ocorrida no final de semana.

“Só domingo morreram dois jornalistas. É um direito porque os jornalistas estão em todos lugares buscando o fato”, disse. “Nos casos dos jornalistas, são aqueles de rua e assessores”, disse.

Dr. Pessoa afirma que a prefeitura aguarda a compra de vacinas pelo consórcio dos prefeitos.

“A compra de vacina depende do governo federal. Há dias entrei em contato com o governador e tínhamos no pensamento vacinar todo o povo de Teresina. Isso encontra-se travado em nível nacional. A prefeitura tem tanta credibilidade que o Banco do Brasil vai nos ajudar. Estamos em um consórcio nacional”, destacou.

O cronograma de vacinação destes profissionais ainda será definido e anunciado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), que tem coordenado a campanha de imunização na capital.

Redação