Destaques Geral Local Política Video

Dados comprovam que Piauí reduz de forma significativa fila de espera para leitos Covid

De acordo com dados da Central de Regulação da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), divulgados nesta terça-feira (04), o estado conseguiu reduzir sua fila de espera por leitos para Covid-19. O levantamento comprova que há 02 pacientes aguardando por um leito no estado, sendo apenas um dos casos para terapia intensiva (UTI) e um para leito clínico. No dia 28 de março, a fila de regulação chegou a registrar 238 pacientes Covid aguardando por um leito na rede estadual de saúde.

Segundo o estudo, o tempo de espera por um leito no estado que chegou ao tempo de 48 horas de espera no mês de março, hoje está em 24 horas, nos casos mais demorados.

O secretário de Estado da Saúde (Sesapi), Florentino Neto, aponta que é muito bom o estado registrar essa redução na fila de espera por leitos para pacientes com Covid-19, que são reflexos das medidas do governo para o enfrentamento da pandemia no Piauí.

“Já chegamos a ter mais de 200 pessoas aguardando por um leito em nossa rede hospitalar por causa da Covid-19, e hoje é com muita alegria que vemos os resultados de todo o nosso trabalho; ainda temos a fila de espera, mas a redução em relação às quantidades anteriores que essa fila apresentou, nos mostra que tomamos as medidas corretas no enfrentamento à pandemia”, fala o secretário Florentino Neto.

O superintende de Média e Alta complexidade da Sesapi, Alderico Tavares, frisa que a redução da quantidade de pessoas na fila para regulação de leitos do estado é um ponto importante no avanço ao enfrentamento à pandemia dentro do estado, mas que a população não pode relaxar nos cuidados e medidas preventivas até que essa fila esteja zerada e os leitos do estado estejam com disponibilidade.

“Apesar de termos esse quadro com apenas dois pacientes na nossa fila de espera, e já estarmos trabalhando para zerar essa fila o mais rápido possível, é preciso relembrar à população de que a nossa taxa de ocupação de leitos de UTI ainda está acima de 97%, o que denota um colapso de rede. Com essa análise, reforçamos o quanto é importante que a população continue seguindo as recomendações dos órgãos de saúde e mantenha todas as medidas higiênico-sanitárias. Apenas dessa forma vamos sair dessa situação”, explica o superintendente.

O secretário Florentino Neto reforça a necessidade da cooperação da população nesse momento. “A vacina já está chegando ao nosso estado e temos agora a redução da fila de espera, mas ainda é essencial que a população siga fazendo o seu dever de casa, como o uso correto da máscara, lavagem das mãos e uso de álcool em gel; distanciamento social. Nosso sistema ainda apresenta elevada taxa de ocupação dos leitos de UTI e apenas com cada um fazendo sua parte, vamos reverter esse quadro”, finalizou.

Jogo do Poder