Destaques Geral Local Política

Com eleição ameaçada, PSDB usa velho discurso de levar pânico à população

Coisa típica do PSDB, o prefeito Firmino Filho envereda agora pelo velho discurso tucano no sentido de tocar pânico na população se candidatos que não sejam do seu mesmo ninho venham a ocupar o Palácio da Cidade. Quem não se lembra da propaganda do PSDB na época do então presidente Fernando Henrique Cardoso, em que atores e atrizes de relevância eram contratados para propagarem na mídia o terror, o medo, caso Luiz Inácio Lula da Silva e o PT assumissem o Palácio do Planalto? Pois é, a história se repete em Teresina, o que significa que o medo, na verdade, está na ameaça da perda do trono.

Em convenção que homologou o nome de Kleber Montezuma como candidato do PSDB para as eleições deste ano, Firmino disse: “Tenho medo do que está posto do outro lado. Porque eles não têm capacidade de enfrentar os desafios de Teresina, não têm competência com a coisa pública”.

Esse é o mesmo discurso que se repete eleição após eleição em Teresina. Mas há medo sim. E este espalha-se pelas zonas urbana e rural, na periferia da cidade, onde a população clama pelo mínimo de uma gestão municipal. Faltam oportunidades, falta de tudo o muito, falta calçamento, falta saneamento, mecanismos que possam incentivar a geração de emprego e renda, atendimento digno em saúde pública. Falta segurança.

Ao lançar seu plano de governo, o candidato do MDB, Dr. Pessoa, liderança absoluta nas pesquisas de intenção de votos, salientou que, caso eleito, Teresina terá um órgão para cuidar da segurança da população. E não se trata apenas da Guarda Municipal. São ideias criativas como essa que vêm assustando o ninho tucano, que ao longo de pelo menos quatro décadas no comando da Prefeitura de Teresina ainda não aprendeu a sentir os anseios da população.

Até o Orçamento Popular, que foi uma ideia relevante do PSDB em Teresina, embora copiada do Orçamento Participativo, do PT, perdeu sua essência. A população não quer muito, apenas o necessário para viver com dignidade e segurança. Muitos projetos contidos no Orçamento Popular foram deixados mesmo só no papel.

Tocar pânico na população não vai eleger o candidato Kleber Montezuma, indicado pelo prefeito Firmino Filho. Com medo a população já vive pelas ruas e na sua própria casa. O que o povo precisa é de programa de governo que parece o PSDB não tem mais o que inventar. Porque já inventou muito e muito pouco realizou durante todo esse tempo.

Oportuna a manifestação da candidata do PSD a prefeita de Teresina, Simone Pereira, que reagiu ao discurso do PSDB, que afirma que os outros candidatos não têm capacidade técnica para administrar a cidade. Segundo ela, o discurso busca implantar o medo entre a população.

“Quando eles falam que só eles sabem administrar Teresina, é uma tentativa de implantar o medo na população. Será que só um pequeno grupo é capaz de fazer uma gestão eficiente? Se essa gestão é tão eficiente porque temos problemas sociais e estruturais tão graves? Se conhecem a cidade, são omissos. Não existe só a Teresina física, mas existe a Teresina formada pelas pessoas”, disse.

E são essas pessoas, o povo de Teresina, que vêm mostrando à gestão tucana que quer muito mais do que essa retórica de que só tucano tem capacidade. Esse povo é que tem a grande capacidade de discernir o que vem lhe fazendo bem ou o que vem lhe fazendo mal. E pelo visto, bem não é, depois de tanto tempo. As pesquisas mostram que provavelmente Teresina vá decidir por candidatos que não estejam sendo chocados no ninho tucano.

Redação