Destaques Geral Local Política

Com apoio de Lula, Rafael Fonteles dispara em pesquisa para governador e lidera na espontânea

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Estimativa e divulgada nesta quinta-feira (23) traz Rafael Fonteles, secretário de Estado da Fazenda e coordenador do programa PRO Piauí, na liderança das intenções de voto como pré-candidato ao Governo do Piauí nas eleições de 2022. Ele aparece com 51,4% das intenções de voto, quando os entrevistados respondem em quem votariam com o apoio do ex-presidente Lula. O ministro da Casa Civil, senador Ciro Nogueira (PP), aparece em segundo lugar, com apenas 18,25%, com apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Nesse quesito, a mesma pergunta é feita em confrontos com o ex-prefeito Silvio Mendes e com a deputada federal Iracema Portela. Nesse cenário, Rafael Fonteles pontua acima de 50%. (Detalhes no quadro abaixo):

Confronto em quem votaria (apoios Lula e Bolsonaro)

Rafael Fonteles apoiado pelo Lula – 51,4%
Ciro Nogueira apoiado pelo Bolsonaro – 18,25%
Nenhum/branco/nulo – 18,50%
Não sabe/não opina – 11,85%

Rafael Fonteles apoiado pelo Lula – 51,6%
Silvio Mendes apoiado pelo Bolsonaro – 17,85%
Nenhum/branco/nulo – 18,65
Não sabe/não opina – 11,9%

Rafael Fonteles apoiado pelo Lula – 53%
Iracema Portela apoiada pelo Bolsonaro – 11,9%
Nenhum/branco/nulo – 22,15%
Não sabe/não opina – 12,95%

Espontânea

O Instituto Estimativa também traz Rafael Fonteles na frente de seus possíveis concorrentes pela primeira vez na pesquisa espontânea, que aponta o secretário de Fazenda e coordenador do ProPiauí com 10,65% das intenções de voto dos piauienses.

Logo em seguida vem o senador Ciro Nogueira, com 8,85%, seguido por Silvio Mendes (5,4%), Wellington Dias (4,85%) e Iracema Portela (1,3%). A soma de outros nomes citados é de 2,9%. Não sabe/não opina tem 50,5%. Aqueles que disseram votar em nenhum, branco ou nulo é de 15,55%.

Já na sondagem estimulada, Fonteles fica em segundo (18,35%), atrás do senador Ciro Nogueira, que pontuou 21,35%. O ranking segue com Silvio Mendes em terceiro lugar (17,5%), João Vicente Claudino (6.6%), Iracema Portela (5,7%) e Gessy Fonseca (2,15%). Nenhum/branco/nulo teve 14,75%. Não sabe/não opina ficou com 13,6%.

Rejeição

Ciro Nogueira vence em rejeição. Pela pesquisa Estimativa, 16,1% dos eleitores pesquisados disseram não votar nele. Com metade da pontuação, Rafael Fonteles aparece em segundo (8,6%). Logo em seguida vem João Vicente Claudino com 6,45%, Gessy Fonseca (5,05%), Iracema Portela (3,7%) e Silvio Mendes (3%). Não sabe/não opina tem 30,6%. Nenhum/branco ou nulo obteve 26,5%.

Em quem não votaria para governador

Ciro Nogueira – 16,10%
Rafael Fonteles – 8,6%
João Vicente Claudino – 6,45%
Gessy Fonseca – 5,05%
Iracema Portela – 3,70%
Silvio Mendes – 3%
Não sabe/não opina – 30,6%
Nenhum/branco/nulo – 26,50%

Grau de conhecimento

A pesquisa do Instituto Estimativa também mostra que 66,4% dos eleitores piauienses ainda não conhecem o pré-candidato que deve ser apoiado pelo Governo do Estado. O mesmo item diz que apenas 7% não conhecem Ciro Nogueira, 14,4% não conhecem João Vicente Claudino, 23% Silvio Mendes, 76% no estado não conhecem Gessy Fonseca e 24% Iracema Portela. (Detalhes no quadro abaixo)

Rafael

66,40% – não conhecem
24% – conhece pouco
9,60 – conhece bem

Ciro Nogueira

7% – não conhecem
43,70% – conhece pouco
48,65% – conhece bem

João Vicente

14,40% não conhece
41,85% conhece pouco
43,75% conhece bem

Silvio Mendes

23% não conhece
36,45% conhece pouco
40,40% conhece bem

Gessy Fonseca

76% não conhece
15,70% conhece pouco
7,90% conhece bem

Iracema Portela

24% não conhece
41,15% conhece pouco
34,50% conhece bem

Para o Senado, Wellington Dias lidera em todos os cenários

No quesito intensão intenção de voto para o Senado, o governador Wellington Dias aparece como favorito. Sondagem estimulada mostra o governador com 35,2% das intenções de voto. Em segundo, vem Mão Santa com 15,75%, seguido por Silvio Mendes (10,85%), Ciro Nogueira (10,8%) e Gessy Fonseca (2,30%). Nenhum/branco/nulo obteve 16,1%. Não sabe/não opina 9%.

A espontânea também mostra o governador Wellington Dias na frente com 10,4% dos eleitores pesquisados indicando-o como preferência. Em segundo está o prefeito de Parnaíba, Mão Santa com 2,7%. Silvio Mendes vem em terceiro com 2,45% e Ciro Nogueira em quarto com 1,2%. (Detalhes no quadro abaixo)

Senado estimulada

Wellington Dias – 35,2%
Mão Santa – 15,75%
Silvio Mendes – 10,85%
Ciro Nogueira – 10,80%
Gessy Fonseca – 2,30%
Nenhum/branco/nulo – 16,1%
Não sabe/não opina – 9%

Senado espontânea

Wellington Dias – 10,4%
Mão Santa – 2,7%
Silvio Mendes – 2,45%
Ciro Nogueira – 1,2%
Outros – 2%
Não sabe/não opina – 59,95%
Nenhum/nulo/branco – 21,3%

Para presidente, Lula também lidera intenção de voto em todos os cenários

Perguntados em quem votariam para presidente da República, os eleitores pesquisados colocam o ex-presidente Lula na frente em todos os cenários. Na espontânea, Lula tem 58,9%, contra 11,35% de Bolsonaro. Ciro Gomes pontua com 4,3%, seguido por João Doria com 0,4%. A soma de outros nomes citados é de 0,75%. Não sabe/não opina tem 18,1%. Nenhum/nulo/branco obteve 6,2%.

Já na estimulada, o ex-presidente Lula alcança 68,1%, quase seis vezes mais que Bolsonaro, que aparece em segundo lugar com 12,3%. A seguir aparecem Ciro Gomes com 7%, João Doria com 1,4%, Amoedo 0,65% e Eduardo Leite 0,15%. Nenhum/branco/nulo teve 6,25%. Não sabe/não opina 4,15%.

Espontânea para presidente

Lula – 58,90%
Bolsonaro – 11,35%
Ciro Gomes – 4,30%
João Doria – 0,40%
Outros – 0,75
Não sabe/não opina – 18,10%
Nenhum/nulo/branco – 6,20%

Estimulada para presidente

Lula – 68,1%
Bolsonaro – 12,3%
Ciro Gomes – 7%
João Doria – 1,4%
Amoedo – 0,65%
Eduardo Leite – 0,15%
Nenhum/ branco/nulo – 6,25%
Não sabe/não opina – 4,15%

Em quem não votaria para presidente

Bolsonaro – 65%
Lula – 11,1%
Ciro Gomes – 2,45%
João Doria – 1,40%
Eduardo Leite – 0,65%
Amoedo – 0,50
Não sabe/não opina – 9,6%
Nenhum/branco/nulo – 9,3%

A pesquisa Estimativa foi realizada entre os dias 7 e 16 de setembro, em 122 municípios, das 12 macrorregiões do Piauí e com uma amostra de 2 mil eleitores.

Veja os gráficos:

Jogo do Poder

Com informações O Dia