Destaques Geral Local Política

Cidade Inteligente: iluminação das principais vias de Teresina será monitorada por telegestão

Teresina terá um sistema de telegestão da rede de energia elétrica. O sistema será implantado pela Parceria Público-Privada de Iluminação Pública e é considerado um precursor do que se classifica como “cidade inteligente”.

Para o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), a capital do Piauí há muito carece de um sistema que venha a otimizar a distribuição de energia elétrica nas vias da cidade. “Precisamos entrar na era da tecnologia, na era moderna, na era das cidades inteligentes”, frisa o gestor.

“As principais vias da cidade serão contempladas com esse sistema de telegestão. Isso significa que as luminárias serão controladas pela Central de Controle Operacional (CCO). É um sistema amplo, precursor do que se chama de cidade inteligente. É o futuro das cidades”, explica Augusto César, coordenador de Iluminação Pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh).

Em resumo, o CCO fará o monitoramento das luminárias e será possível antecipar a solução dos problemas futuros. “O sistema computadorizado vai receber informações automáticas apontando, por exemplo, luminárias apagadas ou acesas durante o dia. Imediatamente, será enviada uma equipe ao local para resolver o problema”, completa o coordenador.

O secretario da Semduh, Edmilson Ferreira, destaca que a infraestrutura desse sistema poderá beneficiar a cidade em vários outros aspectos.

“Usar a tecnologia a nosso favor é uma forma de avançar o desenvolvimento da cidade. A nova gestão da Prefeitura de Teresina preza muito por isso. O prefeito Doutor Pessoa, inclusive, fez uma reunião com seu secretariado na semana passada, buscando ideias criativas de inovação e tecnologia para Teresina. Vamos começar o monitoramento computadorizado na área da iluminação pública, mas já pensando em como ampliar para outras áreas”, afirma Edmilson Ferreira.

A princípio, 22% de todo o sistema de iluminação de Teresina será contemplado com a Central de Controle Operacional.

Redação