Destaques Geral Local Política

Cendrogas destaca a reinserção social e quase 4 mil atendimentos em 2021

O Governo do Estado criou, em 2011, a Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas do Piauí (Cendrogras-PI) com a missão de ser referência na implantação de políticas públicas de enfrentamento às drogas no Estado. E a coordenadoria vem se destacando dos demais estados da Federação por manter um grande número de vagas totalmente gratuitas para tratamento de dependentes de substâncias psicoativas, por meio de parceria com Organizações da Sociedade Civil (OSCs).

Em 2021, a Cendrogas firmou novos termos de parcerias elevando o número de vagas para 967, distribuídas em todos os Territórios de desenvolvimento do Estado. As vagas contemplam os públicos: adolescentes (feminino e masculino), adultos (feminino e masculino) e mãe nutriz, bem como pessoas oriundas das audiências de custódias do Tribunal de Justiça. Além disso, foi assinado, em parceria com a Fazenda da Paz, o Projeto de Reinserção Social que objetiva capacitar de forma direta 480 egressos de comunidades terapêuticas e, de forma indireta, mais de 1.500 famílias.

“A Cendrogas e a Fazenda da Paz celebram este Termo que tem o objetivo de capacitar os egressos e seus familiares, preparando eles para o mercado de trabalho. No início serão oferecidos cinco cursos”, informou Cida Santiago, coordenadora geral da Cendrogas. Assim, serão ofertados cursos de marcenaria, serviços gerais, doces e salgados, mecânica de motos e manutenção predial. Estas capacitações serão oferecidas no Centro de Reinserção Padre Pedro Balzi, localizado na Rua Simplício Mendes, 1698, Bairro Vermelha.

Por meio das parcerias, também são financiadas entidades que desenvolvem trabalhos de prevenção às drogas e em 2021, aproximadamente, 3.932 foram assistidas nos públicos de moradores de rua, crianças, adolescentes, jovens e adultos. As atividades foram realizadas de forma híbrida, até meados do mês junho devido à pandemia. Contudo, as entidades que trabalham com a prevenção já se encontram realizando suas atividades de forma presencial, atendendo todas as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em decorrência da pandemia pelo novo Coronavírus, durante o ano/2020 e 2021, a coordenadoria implantou o projeto “Atendimento Humanizado em tempos de Pandemia” objetivando disponibilizar ao público serviço de apoio/orientações psicológicas de forma virtual para ajudar os acolhidos e seus familiares no pós-tratamento. Bem como ajudar esse público a conseguir atravessar as barreiras encontradas no período pandêmico.

No ano de 2021, foram realizadas até o mês de outubro 260 atendimentos on-line, contemplando os municípios de Teresina, Regeneração, Água Branca, Floriano, Porto e Oeiras.

Na prevenção, destaca-se a Associação Beneficente Giuliano Esporte Clube que utiliza práticas esportivas e educacionais, atendendo em média 200 adolescentes, jovens e adultos, estudantes do ensino Fundamental, Médio e Superior, no município de Teresina, como também, suas famílias e pessoas da comunidade em geral, oriundas de demanda espontânea, e que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

“A coordenadoria encerra o ano de 2021 com saldo positivo em suas ações que, por meio de trabalhos em parcerias com entidades governamentais e não governamentais, buscou descentralizar essas ações para assim alcançar maior número de assistidos pela política sobre drogas no Estado”, ressaltou Cida Santiago.

Fonte: Ascom Cendrogas