Geral Municipios Política

Caxias registra zero casos de dengue, chikungunya e zika vírus entre agosto e setembro de 2021

Em Caxias, nos meses de agosto e setembro, não houve nenhum registro de casos de arboviroses, como dengue, chikungunya e zika vírus. A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), trabalha na prevenção dessas doenças através de conscientização da população e fiscalização nos bairros.

Este ano, no 4º ciclo de visitas domiciliares para controle das doenças, a UVZ ultrapassou a meta proposta pelo Ministério da Saúde, que é de 80% e registrou 86,36% de domicílios visitados no município.

Para o coordenador da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), Natanael dos Reis, o baixo índice de casos de arboviroses é resultado do apoio da população ao trabalho da unidade. “Nós sabemos que nos últimos 60 dias, não tivemos nenhum registro de casos de arboviroses (dengue, chikungunya e zika vírus), sendo assim, isso é um motivo de satisfação pelo trabalho que estamos realizando e pelo empenho da população em ser parceira”, destacou.

O coordenador também chamou a atenção da população dos bairros que ainda apresentam incidência do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. “Cinco localidades se apresentam de forma que nos preocupam, são os bairros: Trizidela, Tamarineiro, Vila São João, Luiza Queiroz e Campo de Belém. Esses estão com incidência de focos maior do que é permitido pelo Ministério da Saúde. Nós estamos aqui, pedindo o apoio da comunidade desses bairros, que averiguem se em suas residências tem depósitos de água que não estejam fechados ou se há lixos em vias públicas, que recentemente recebeu acúmulo de água das chuvas”, explicou Natanael dos Reis.

Jogo do Poder

Fonte: PMC