Destaques Geral Local Política

CAPS Sudeste promove ação alusiva ao Dia da Luta Antimanicomial nesta terça (18)

A luta antimanicomial, cujo dia é celebrado amanhã (18 de maio), prioriza o atendimento ao usuário de saúde mental com dignidade e estímulo à sua inserção social. Em alusão à data, o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Sudeste promove nesta data, a partir das 14h30, uma programação especial para seus usuários.

A ação contará com exibição de vídeos e slides e a exposição de materiais de artesanato produzidos pelos usuários nas oficinas promovidas pelo CAPS. Haverá também um momento de conversa, quando usuários e profissionais de saúde poderão dar depoimentos sobre sua experiência com o atendimento. “Haverá também uma apresentação de vídeo especial e uma ação simbólica de balões de gás hélio e faixa em comemoração ao dia”, diz o coordenador do CAPS Sudeste, Yago Arêa.

O objetivo é conscientizar sobre o movimento da Luta Antimanicomial, estabelecido no Brasil em 1987 com o objetivo de superar o hospital psiquiátrico, denunciando os abusos, maus-tratos e todas as irregularidades ocorridas nesses dispositivos. Esta mobilização é representada pela luta das pessoas com transtorno mental, de seus familiares e dos trabalhadores da Saúde Mental por um serviço de saúde digno que respeite as suas singularidades e lhes garanta a reinserção no convívio social.

Os Centros de Atenção Psicossocial podem ser procurados por homens e mulheres maiores de 18 anos que apresentam sofrimento psíquico, que impossibilite de viver e realizar seus projetos de vida. Para serem atendidos, os pacientes devem procurar diretamente o serviço ou ser encaminhado pelo Programa de Saúde da Família (PSF) ou por qualquer serviço de saúde. A pessoa pode ir sozinha ou acompanhada devendo, preferencialmente, procurar o CAPS que atende na região onde mora.

O horário de funcionamento do CAPS é de 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. No CAPS, o usuário encontra psiquiatra, psicólogo, enfermeira, terapeuta ocupacional, assistente social e uma equipe de apoio, que oferece atendimentos individuais, em grupo, atividades comunitárias, oficinas terapêutica e atendimento para a família (visita domiciliar, grupo de familiares). (Semcom)

Jogo do Poder