Geral Local Política

Câmara de Teresina aprova instauração de CPI para apurar licitação do transporte público

Nesta quarta-feira (05) a Câmara Municipal de Teresina aprovou a abertura da CPI do Transporte Público, solicitada pelo vereador Dudu (PT) para apurar possíveis irregularidades na execução do contrato da licitação do transporte público urbano de Teresina. A instauração da CPI foi aprovada por unanimidade.

A CPI será composta por cinco membros titulares e dois suplentes. Dudu fica na presidência, Bruno Vilarinho na vice-presidência e Enzo Samuel na relatoria. Ainda compõem a Comissão os vereadores Paulo Lopes e Luís André como titulares, além de Pollyana Rocha e Deolindo Moura como suplentes.


Vereador Dudu Borges (PT)

Segundo Dudu, toda a execução da licitação será desnudada para que finalmente o problema do transporte público possa ser resolvido. “É um ato histórico o de hoje. O teresinense não aguenta mais a péssima qualidade dos serviços prestados. Não dá para ter um transporte público, que teve investimentos do Governo Federal, ainda da presidenta Dilma, de R$500 milhões em todos os terminais, mas que só piora. Os trabalhadores do sistema estão sendo usados pelo Setut para pressionar o executivo. Não dá para aceitar que um cidadão saia cedo de casa para trabalhar, mas fica no prego em um ônibus por falta de combustível”, disse o vereador.