Geral Nacionais Política

Caetano Veloso critica discurso antivacina de Bolsonaro: ‘Faltou respeito’

Caetano Veloso está celebrando o retorno aos palcos na Europa após o lançamento de seu novo álbum, “Meu coco”. O cantor criticou o discurso antivacina de Jair Bolsonaro (sem partido) e a tentativa de administrar os problemas causados pela pandemia da covid-19 ao ser perguntado sobre os próximos shows no Brasil.

Todos nos perguntamos (quando será possível). Encontramos a situação bem definida em todos os países da Europa. Aqui no Brasil faltou respeito à seriedade da questão por parte das autoridades. A esperança cresce porque o brasileiro mostrou que, apesar de o presidente dar o exemplo de não se vacinar, ele vai lá e se vacina. Essa é a resposta do povo brasileiro.

“Tenho 79 anos e estou vendo como o negócio é difícil, mas inevitável. O Brasil é inevitável”, destacou Caetano durante a entrevista ao “Fantástico”, da TV Globo.

O cantor também destacou que não costuma ler comentários ou acompanhar as próprias redes sociais e reforçou que aproveitou o isolamento social para curtir o contato com a família.

Caetano Veloso se apresentou em setembro na cidade do Porto, em Portugal, e não deixou de comentar os atos antidemocráticos de Bolsonaro. “Isso é o primeiro passo: fora Bolsonaro”, disse o artista ao ouvir o pedido da plateia.

Hoje, a TV Globo repudiou o ataque a jornalistas brasileiros em Roma, Itália, e responsabilizou os discursos do presidente Jair Bolsonaro em nota oficial lida pelo apresentador Tadeu Schmidt no “Fantástico”.

Jogo do Poder

Fonte: UOL