Geral Internacionais Política

Biden continua à frente de Trump nas pesquisas, mas vantagem diminui

Passadas as convenções dos partidos Democrata e Republicano, o candidato democrata à presidência, Joe Biden, continua à frente do atual mandatário, Donald Trump, nas pesquisas, mas a vantagem caiu para sete pontos percentuais, segundo um levantamento publicado nesta quarta-feira pelo jornal “USA Today”.

O estudo, realizado pela Universidade Suffolk para o jornal, dava a Biden uma vantagem de 12 pontos percentuais em junho. Agora, o democrata aparece com 50% das intenções de voto, enquanto o republicano tem 43%.

A pesquisa feita entre 28 e 31 de agosto com mil eleitores registrados indica que 28% dos apoiadores de Biden e 19% dos favoráveis a Trump não estão preparados para aceitar a vitória do rival.

Entre os que dizem que apoiarão Biden, 49% afirmam que votarão por causa do candidato, mas 33% disseram que a decisão se deve ao desejo de votar contra Trump.

Uma média de outras pesquisas feita pelo site “FiveThirtyEight” mostra que o índice de rejeição de Trump diminuiu de 56,4% no fim de julho para 52,5% após a Convenção Nacional Republicana.

O índice de aprovação do presidente subiu no mesmo período, de 40,5% para 43,5%, o patamar mais alto de popularidade que Trump já alcançou em três anos e meio de governo.

Para a “RealClearPolitics”, outra plataforma que elabora uma média de pesquisas, Biden conta agora com a preferência de 48,9% dos possíveis eleitores, enquanto Trump, 42,5%.

De acordo com a plataforma, a 61 dias das eleições, o índice de aprovação de Trump está em 45%, e o de desaprovação, em 53%.

Redação