Destaques Geral Municipios Política

Alunos do Ceti Augustinho Brandão participam de aula de campo do curso de Agropecuária

O conhecimento prático é um instrumento fundamental para os estudantes entenderem a teoria apresentada pelos professores e, no curso de Agropecuária, este ensino requer mãos no solo. Na última sexta-feira (24), os estudantes do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Augustinho Brandão, localizado no município de Cocal dos Alves, a pouco mais de 260 quilômetros ao norte da capital Teresina, participaram de atividades no campo relacionadas ao curso.

O Ceti, além dos destaques no campo da matemática e das olimpíadas de conhecimento, oferta a modalidade do Ensino Médio Subsequente em Agropecuária, implantado em 2021. A escola oferta o Ensino Fundamental Integral e Ensino Médio Integral no período diurno, bem como o Ensino Médio Regular e Ensino de Jovens e Adultos (EJA) noturno.

O diretor da escola, Darkson Vander, revela que o curso vem atender uma parcela da população no município que pretende optar pelo ensino técnico.

“Há estudantes que optam pelo ensino de medicina, em cursos de bacharelados e tem aquela parcela de alunos, do ensino regular e EJA, que já têm o seu próprio negócio com a agricultura e ao concluir o Ensino Médio pretendem ficar no município, por isso, se criou esse curso subsequente. Esse alunado necessita de outras técnicas de conhecimento com maior robustez, assim, iniciamos as aulas práticas por enquanto no espaço escolar e futuramente em fazendas parceiras”, disse.

As atividades destinadas às duas turmas, totalizando quarenta alunos, são referentes a práticas nas disciplinas de Olericultura, Agricultura Geral e Uso, Manejo e Conservação do solo. Após a revisão da teoria pelos professores, os alunos cavaram um perfil do solo para identificarem conteúdos relacionados aos horizontes existentes no solo, grau de compactação e textura que influenciam na produção agrícola local.

Nas disciplinas de Agricultura geral e Olericultura, eles mediram a dimensão dos canteiros para a implantação de uma horta orgânica na escola, além do ensino de fermentação do solo para a posterior incorporação nos canteiros a serem cultivados.

A teoria e prática repassadas aos estudantes aconteceram em momentos distintos em razão da pandemia da Covid-19. Os estudantes participaram das aulas teóricas acessando a plataforma Google Classroom e as atividades práticas foram organizadas em grupos de estudantes no espaço, seguindo os protocolos higienicossanitários.

Jogo do Poder

Fonte: CCom