Destaques Geral Local Política

Águas de Teresina inaugura Estação de Tratamento de Esgoto no bairro Tancredo Neves

A Águas de Teresina inaugurou, na manhã desta quinta-feira (30), a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Tancredo Neves, um empreendimento que transformará para melhor as condições sanitárias na região. A iniciativa faz parte do compromisso da empresa de ampliar a cobertura de esgotamento sanitário da capital.

O empreendimento inaugurado no Tancredo Neves integra pacote de investimentos que a Águas de Teresina está realizando este ano na capital. Estão sendo construídas duas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE) na região do Lagoas do Norte, beneficiando os bairros Aeroporto, Itaperu e Parque Alvorada. Em paralelo, a empresa também implanta novas ligações de esgoto. Em breve, cerca de 13 mil pessoas passarão a contar com o serviço de coleta e tratamento de esgoto, conquistando uma perspectiva de futuro muito mais saudável, seguro e saneado.

“É sempre bom celebrar esse momento de entrega de obra, em que é implantado um modelo moderno de tratamento de esgoto, uma estação compacta, projetada para ter o mínimo de interferência possível na comunidade. Além desse empreendimento, temos um grande pacote de obras para a região da Lagoas do Norte que também recebe a ampliação do serviço de esgoto com o objetivo de despoluir a lagoa. São obras em torno de R$ 70 milhões com previsão de conclusão para o ano que vem”, frisou Fernando Lima, diretor-executivo da Águas de Teresina.

Para o diretor da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete), Adolfo Nunes, que representou a Prefeitura de Teresina no evento, saneamento é essencial e um direito universal de todo cidadão. “Saneamento básico é o alicerce número um para dizer que o município está desenvolvido e apto aos investimentos, pois abre as portas da cidade para o crescimento no turismo e mais valorização imobiliária. É um direito de todo cidadão! E aqui contamos com essa estrutura super moderna mostrando que a cidade está preparada para realizar o avanço do saneamento básico em Teresina”, afirmou o diretor a Arsete.

O diretor do Instituto de Metrologia do Estado do Paiuí (Imepi), Maycon Danylo, participou do evento representando o Governo do Estado, e fez um balanço das ações da Águas de Teresina. “Percebemos o cuidado e o zelo que esta empresa tem com a nossa cidade. No período da pandemia, a empresa conseguiu universalizar o abastecimento de água. Agora, objetiva atingir a meta da universalização da cobertura de esgotamento sanitário e da forma que o trabalho está acontecendo não temos dúvida que a nossa cidade logo será referência no Nordeste”, avaliou Maycon.

Cidade saneada: os benefícios são inúmeros

Nos primeiros quatro anos de atuação da concessionária, a cobertura de esgotamento sanitário na zona urbana de Teresina cresceu de 19% para 35,65%. A meta da empresa é universalizar o serviço de esgotamento sanitário até 2033.  “Os benefícios com as obras de esgoto são inúmeros. A população ganha mais qualidade de vida, com mais saúde e dignidade. É algo que também vai impactar na valorização imobiliária e preservação dos recursos naturais, além do desenvolvimento de setores importantes da economia, como o turismo. Nossa expectativa é tornar a capital referência em saneamento na região Nordeste, ampliando as possibilidades de novos investimentos para a cidade”, destacou o diretor-presidente da Águas de Teresina, Jacy Prado.

Jogo do Poder

Fonte: Ascom Águas de Teresina