Advogados pedem que sessão que pode cassar o mandato da prefeita de SRN, Carmelita Castro, seja adiada porque vão a uma festa.

 Advogados pedem que sessão que pode cassar o mandato da prefeita de SRN, Carmelita Castro, seja adiada porque vão a uma festa.

Segundo informações da coluna do jornalista Arimatéia Azevedo, do portal AZ, a sessão do TRE que iria tratar sobre o processo de cassação do mandato envolvendo a prefeita de São Raimundo Nonato Carmelita Castro, que em setembro do ano passado teve o diploma de prefeita e também do seu vice cassado pelo juiz eleitoral Mário Soares de Alencar, da 13ª Zona Eleitoral do Piauí, em São Raimundo Nonato, poderia ser marcada para a próxima segunda-feira dia 30. Mas segundo o jornalista a sessão pode não acontecer devido aos advogados pedirem o adiamento devido a uma “festa” que irão, veja abaixo o que disse o jornalista.

Sobre o processo.

O parecer do procurador Leonardo Carvalho de Oliveira, da Procuradoria Regional Eleitoral do Piauí, de certa forma, ratificou as provas do processo contra a prefeita Carmelita Castro como evidências robustas e que serão encaradas pelo Tribunal.

Seu despacho sugere a manutenção da sentença de cassação em todos os seus termos. “Diante do exposto, o Ministério Público Eleitoral manifesta-se nos seguintes termos: Pelo não acolhimento das preliminares alegadas pelos recorrentes, para fins que o mérito seja enfrentado.”

O representante do Ministério Público Eleitoral, decidiu manter todos os termos da cassação da prefeita Carmelita Castro na primeira instância. No processo estão disponíveis 85 vídeos que foram analisados pela perícia da Polícia Federal, em Brasília, e que ajudaram o juiz a se posicionar confirmando que as provas são autênticas, ou seja, não sofreram edição, cortes ou ajustes.

A sessão já foi adiada duas outras vezes.

redacao

Veja mais